Mulher Maravilha

Quando estou sobrecarregada, física, mental ou emocionalmente, a vontade que dá é de entrar debaixo das cobertas e ficar ali… fazendo nada… respirando… tentando não pensar em nada… É como se meu corpo estivesse tentando me defender. Um certo torpor se apodera de mim, então vem aquele sono estranho, implacável, injustificável. Claro que é um mecanismo de defesa ante alguma situação de sofrimento: o organismo começa a liberar na corrente sanguínea alguns elementos que me fazem ficar assim.

Talvez você seja como eu, ou talvez seu corpo reaja de outra forma. Independentemente de como seja, o importante é sobrevivermos a esse tipo de momento, nos levantarmos e, corajosamente, tentarmos enfrentar, de verdade, a situação.

Não sou da área da Psicologia ou Psiquiatria. Sou apenas uma mulher, filha, irmã, esposa, mãe, que já viveu mais de cinco décadas – quase seis – o que me confere experiência com as minhas próprias vivências e com as de outros companheiros de caminhada.

2020 acabou, ponto. A Pandemia não acabou, ponto. 2021 começou, ponto. O que virá pela frente? Ninguém sabe. Ou melhor, somente Deus sabe. O Deus verdadeiro. Aquele a quem pertence toda a Terra e tudo que nela há, e que do nada chamou a vida à existência e a vida se fez. Ele é o bendito e único soberano que habita numa luz que ninguém tem acesso, a quem ninguém viu nem pode ver. Tem um texto que diz: “Mas quem poderá compreender o trovão do seu poder?” Perguntinha bem retórica essa né? Afinal, todos sabemos a resposta: exatamente NINGUÉM. Ninguém pode compreender o poder de Deus.

No dia 1º de fevereiro deste ano, eu e minha filha Jessica assistimos ao novo filme da Mulher Maravilha. Jessica é muito fã dessa heroína e quis comemorar seu aniversário vendo o filme comigo. Tentarei não dar spoiler, só quero comentar sobre alguns dos poderes dela, o que já é conhecido de todos: ela tem uma super velocidade; tem uma agilidade sobre-humana; é invulnerável; tem os sentidos super aprimorados; além de tudo isso, tem uma super força do tipo levantar a Torre Eiffel com uma mão.

Se eu olhar pra dentro de mim, e se você olhar pra dentro de você, vamos descobrir uma coisa: todas temos algo de Mulher Maravilha. Quem de nós não já correu alucinadamente a fim de acudir alguém? Quem de nós não descobriu que tem agilidade inesperada em uma situação de emergência? Quem de nós não teve seu momento de ser invulnerável nessa vida? Qual de nós já não teve, incontáveis vezes, os sentidos aguçados? Um cheiro que ninguém sentiu… um barulho que ninguém ouviu… Que viu algo antes de qualquer pessoa, ou que sentiu um gosto suspeito em algum momento? Quem? Além do mais, nós, as mulheres maravilhas deste mundo, temos algo que ninguém tem: o tal do sexto sentido. Aquela hora que você não sente nenhum cheiro, nem ouve nada, nem vê nada, nem prova nada, mas tem a certeza de que algo não está certo. Aquela hora que, do nada, o coração aperta e você não sabe direito o porquê.

No meu caso, e no caso de muitas leitoras do Karíssimas, não nos desesperamos nessas horas porque temos a quem recorrer. Não ficamos desesperadas nos expondo desnecessariamente, mandando mensagens pra todo lado ou ligando pra todo mundo na tentativa de descobrir do que se trata aquela sensação ruim.

Também não vamos atrás de consultar gente morta, nem de pedir que alguém “leia” a nossa mão, ou muito menos pagarmos a alguém que faça algum tipo de “trabalho” obscuro. Não. Nessa horas, nós buscamos o único que nos ouve de verdade e que atende ao clamor sincero do nosso coração. O único que nos acalma e nos diz “Não temas porque eu te ajudo”. O único que tem o poder de resolver a situação mais improvável, em que todas as esperanças já ruíram.

Não pense que sou alienada. Quase todos os dias, nos últimos meses, sou informada que alguém que conheço, ou a mãe de alguém, ou o pai de alguém, ou o filho de alguém, ou o marido de alguém foi diagnosticado com o vírus, ou foi internado por causa dele, ou foi intubado, ou morreu. É tristeza que não tem fim. É dor que não se mede.

Ainda assim, por pura Graça e Misericórdia Divinas, não me desespero, não perco o eixo, não deixo a peteca cair. Posso até ficar umas horinhas debaixo das cobertas, mas daí “visto a roupa da Mulher Maravilha” e parto pra batalha. Ela tem poder pra curar, tem poder pra manipular energias e eletricidade e tem aquela cordinha mágica. Eu não tenho, mas tenho Alguém que pode fazer isso e muito mais e que me ouve quando falo com Ele. A resposta até pode ser contrária ao que eu pedi, entretanto, ainda assim, confio plenamente na maneira como Ele resolve cada situação. Se eu tivesse todos os poderes dela… credo! Quanta besteira já teria feito nesta vida!

Vamos lá! Levante-se! Alce voo! Tem um mundo pulsante lá fora precisando de você.

22 comentários sobre “Mulher Maravilha

  1. Através desta reflexão, somos despertadas para viver intensamente a vida que Cristo conquistou para nós: uma vida abundante! Ele vive e tem todo o poder. Não é uma ficção, é uma realidade para aquele que crê!

    Curtir

  2. Texto gostoso de ler. Bota a gente pra cima, ou melhor bota a gente no lugar certo, na mão poderosa e carinhosa de Deus que nos sustenta e dá força pra continuar a viver refletindo sua glória e poder!

    Curtir

  3. ……….único soberano que habita numa luz que ninguém tem acesso:
    Está frase me tocou bem. .. gostei, é bastante, além de ser profunda é TB de muita sensibilidade!
    Outra frase também de peso que me tocou foi:
    Tem um mundo pulsante lá fora precisando de você!
    Agora digo:
    Teremos muito trabalho após este tempo de “um novo normal”,pois tivemos um longo período de orações que se reverterão em um grande rebanho para Cristo.

    Curtir

  4. Que coisa mais linda , edificante, reconfortante. Um alento de Deus para essa noite . Que Deus continue a te inspirar como fez ao escrever esse texto . Um grande abraço . Você realmente é muito especial

    Curtir

  5. Gente, Mônica querida! Que texto real, que texto tão nosso! Ainda tem a mulher maravilha( tenho foto criança vestida dela, amo!), tem nós- com tudo que Deus embutido para enfrentar o que vier, tem nosso Todo Poderoso capaz de fazer milagres. Obrigada por reavivar tudo de lindo que é der mulher de Deus!

    Curtir

  6. Que texto maravilhoso que você escreveu , não nos deixa ficar chorando mas nos
    lembra que temos um Deus todo Poderoso que nos ama e nos acolhe , não podemos
    nos esquecer disso . E principalmente Ele quer realmente isto que lancemos sobre
    Ele toda nossa ansiedade .
    Bjos e obrigada pelas palavras

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s